ALUNOS DA REDE PÚBLICA RECEBEM ORIENTAÇÕES SOBRE SEGURANÇA COM ENERGIA ELÉTRICA EM LUGARES ALAGADOS

Com energia elétrica não se brinca 
 

Marcos Túllio, técnico de segurança da Equatorial Maranhão dá dicas sobre segurança aos alunos da Escoma Municipal Castro Alves. [Foto: Divulgação]

Na tarde da última quarta-feira (11) os alunos da Escola Municipal Castro Alves I (Imperatriz) receberam orientações sobre como evitar acidentes com energia elétrica, especialmente em casos de fortes chuvas e alagamentos.

Nos últimos dias a intensidade das chuvas tem preocupado a população em geral e as crianças não estão fora de risco. Escolas, residências, praças, espaços públicos e privados se tornam pontos de risco por conta dos alagamentos e quando a água alcança o nível da corrente elétrica, a preocupação é ainda maior.

Marcos Túllio fala sobre atividades domésticas que podem oferecer risco de choque elétrico. [Foto: Divulgação]

Para o Marcos Tullio Conceição, técnico de segurança da Equatorial Maranhão, a combinação água e energia é extremamente perigosa,

“por isso, é importante evitar o uso de equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou que estejam em locais inundados, pois há um grande risco de choque elétrico e de curto circuito”, alerta.

É importante destacar que locais abertos ou que tenham muitas árvores devem ser evitados, principalmente por conta das descargas elétricas que também são muito frequentes nessa época. Além disso, jamais abrigue-se perto de postes ou embaixo da fiação elétrica. O recomendado é estar dentro de casa ou local coberto durante uma chuva, caso não seja possível, outra dica importante é buscar proteção dentro de veículos, devido às suas características de isolamento.

Equipe da Equatorial Maranhão com a Diretora da Escola Municipal Castro Alves, Ivanilde Silva. [Foto: Divulgação]

O professor Felipe Rodrigues destaca a importância de trazer informações como estas para o ambiente escolar.

“Nesse primeiro semestre do ano as chuvas costumam castigar nossa cidade e ninguém está totalmente livre dos riscos que as chuvas trazem. Agora nossos alunos vão levar essas informações para casa e isso pode evitar que não só eles, como as pessoas de suas famílias, corram riscos de choques e descargas elétricas”, comenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário