ÔNIBUS VÃO CIRCULAR NORMALMENTE NESTA SEGUNDA-FEIRA EM SÃO LUÍS, AFIRMA SINDICATO DOS RODOVIÁRIOS

Rodoviários haviam paralisado as atividades neste domingo (20), após motorista de ônibus morrer durante assalto. De acordo com o sindicato, a SSP se comprometeu em intensificar as ações de segurança, por isso os rodoviários retomarão ao trabalho.



Por: G1 MA

Os ônibus do sistema de transporte público de São Luís vão circular normalmente nesta segunda-feira (21), segundo o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Os rodoviários haviam paralisado as atividades na manhã deste domingo (20), em protesto contra a morte do motorista de ônibus Francisco Teixeira, que foi assassinado durante um assalto a coletivo, na noite de sábado (19).

De acordo com o sindicato, na manhã de hoje, os representantes do Sindicato dos Rodoviários estiveram reunidos com a cúpula de Segurança Pública do Estado (SSP), que se comprometeu em intensificar as ações de segurança.

“No encontro ficou decidido, que serão intensificados todos os trabalhos relativos a operações, deflagradas no passado, com o intuito de coibir assaltos a ônibus e que surtiram efeito positivo, entre elas, a Busca Implacável, em que os coletivos eram abordados e os passageiros revistados”, explicou o sindicato.

Mas, o sindicato ressaltou que se não houver diminuição da insegurança no transporte público, os rodoviários poderão paralisar novamente.

“Se mesmo assim, não houver um controle nas estatísticas de violência dentro dos coletivos, o sistema de transporte público em São Luís poderá parar novamente”, destacou a entidade.

Paralisação neste domingo

Por causa do latrocínio (roubo seguido de morte), desde as primeiras horas da manhã deste domingo (20), as linhas de ônibus estavam sendo paralisadas, na região central de São Luís, por diretores e pelo presidente do Sindicato dos Rodoviários, Marcelo Brito.

Após algumas horas de concentração no Centro da cidade, os rodoviários saíram do local e, o sindicato recomendou que os ônibus não circulassem por São Luís durante este domingo. No entanto, algumas linhas voltaram a circular, em frota reduzida, durante a tarde.

O latrocínio

O motorista Francisco Teixeira, que dirigia o ônibus da linha Bequimão/Ipase, da empresa Ratrans, foi morto com um tiro na cabeça, na noite desse sábado (19), durante um assalto.

O crime aconteceu na avenida Jerônimo de Albuquerque, nas proximidades do elevado do bairro da Cohama.

Segundo a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), o crime foi praticado por dois assaltantes. Os criminosos estavam na parte de trás do ônibus e, quando o coletivo se aproximava do elevado da Cohama, eles anunciaram o assalto.

Os bandidos mandaram o motorista parar o ônibus, mas Francisco Teixeira teria se negado. Então os criminosos efetuaram vários disparos contra a vítima. Um dos tiros atingiu a cabeça de Francisco Teixeira, que morreu no local.

Após matarem o motorista, os assaltantes fugiram levando os pertences dos passageiros e a renda do ônibus.

Após o crime, a Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender um dos suspeitos, que confessou o latrocínio (roubo seguido de morte) e disse à polícia onde estava o segundo envolvido no crime.

A polícia foi até a casa do outro suspeito e efetuou a prisão dele. Ambos os homens foram conduzidos para o sistema prisional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário