VALORIZAÇÃO DA CULTURA E DOS ARTISTAS POPULARES NO PROJETO “DEVOTOS DE SÃO JOÃO”

 Projeto patrocinado pela Vale deu apoio financeiro a 31 grupos folclóricos

O trio de apresentadores: O fotógrafo Meireles Jr. entre as atrizes Áurea Maranhão e Nicole Meireles. (Foto: Divulgação)

Mais de 35 atrações, em 4 horas de pura emoção, cultura e conexão, numa ode à maranhensidade que deixou um gostinho de “quero mais” em todos que conferiram no último dia 06 de setembro no YouTube, a Live cultural “Devotos de São João”; antecipado as celebrações pelos 408 anos de São Luís.

A Live teve mais de 7 mil pessoas on line, acompanhando o evento de diversos estados como RJ, SP, PA, DF  e também de países como Rússia, Canadá, França e Estados Unidos. O projeto que serviu para divulgar mundo afora a beleza e a riqueza da cultura popular maranhense, teve como objetivo principal apoiar financeiramente cerca de 31 grupos folclóricos ligados ao São João. Foram beneficiados com o patrocínio 16 grupos de Bumba – Meu – Boi de São Luís e do interior: Axixá / Orquestra; Barrica / Alternativo; Boi da Boa Hora dos Pacheco / Orquestra; Boi de Leonardo / Zabumba;  Boi da Lua / Orquestra; Maracanã / Matraca; Nina Rodrigues / Orquestra; Pérola dos Lençóis / Orquestra; Pindaré / Baixada; Presidente Juscelino / Orquestra; Rama Santa / Costa de Mão; Meu Tamarineiro / Orquestra; Sociedade de Cururupu / Costa de Mão; Unidos da Vila Conceição / Costa de Mão; Unidos de Santa Fé / Baixada e Unidos Venceremos / Zabumba.

Também foram contemplados os seguintes grupos folclóricos de Cacuriá (Assa Cana, Dona Teté e John); Côco Pirinã; Dança Portuguesa (Encanto de Portugal e Império de Lisboa); Dança do Lelê de Rosário; Quadrilhas (Mocinha do Sertão, Flor de Mandacaru, Matutus do Rei, Quadrilha Junina Estilizada de Ihaúma) além dos grupos de Tambor de Crioula (Apolônio, Arte Nossa, Mestre Felipe e São Benedito de Itapera).

Numa realização de Meireles Jr. e da Fundação Sousândrade, com patrocínio da Vale e apoio do Grupo Mirante, o projeto fez tanto sucesso que tem tudo para entrar para o calendário anual da cidade. Destaque para a apresentação dinâmica e impecável das atrizes Áurea Maranhão e Nicole Meires, além do fotógrafo Meireles Jr. O trio anunciava os artistas, lia recados do público dos mais diversos locais do mundo, além de anunciar as doações de empresas como Potiguar, Cimento Bravo e RB Sol Empreendimentos além de outros doadores individuais; com toda a renda arrecadada revertida para a Creche Deus Criou do Anjo Guarda, instituição apoiada pelo projeto Gratitude do Grupo Mirante.

Um presente e tanto para os 408 anos de São Luis, que teve ainda apresentação ao vivo do cantor Fernando de Carvalho acompanhado do pianista e arranjador Wesley Sousa no estúdio. Muita emoção também nas músicas inéditas apresentadas na Live, como  a instrumental Baixada (Chiquinho França e Mhário Lincoln) e Festa do Bumba-boi (César Nascimento, Íris Cavalcante e Isaac Cândido) ambas com clipes / imagens de Meireles Jr.. Outras homenagens à Ilha do Amor foram feitas por Alcione, Zeca Baleiro, Rita Beneditto, Coral de São João e demais artistas.

O pianista e arranjador Wesley Sousa e o cantor Fernando de Carvalho, única atração ao vivo com emocionante homenagem ao aniversário de São Luís. (Foto: Divulgação)


E mais, depoimentos da pesquisadora Zelinda Lima, dos atores do Pão com Ovo, da influenciadora digital Thaynara OG, do fotógrafo Edgar Rocha e de Maurício Itapary (IPHAN) que ressaltaram a importância e a grandiosidade da cultura popular maranhense.

E como bem disse o mestre Edgar Rocha 

“essas festas populares são sensacionais, não vão acabar nunca. Estão na alma das pessoas daqui. E esse evento o Meireles Jr. agregou vários artistas, fotógrafos como eu e o resultado foi esse evento maravilhoso”, disse ele.

Para Meireles Jr. o resultado bastante elogiado por todos foi fruto de um trabalho coletivo e de muita dedicação, que levou quatro meses de produção:

“Quero agradecer a Deus, a todos que acreditaram e que somaram para que conseguíssemos realizar o projeto – todos os amigos, os artistas envolvidos, grupos folclóricos, empresas apoiadoras, e acima de tudo a Vale e a Fundação Souzândrade que viabilizaram esse sonho. Todos foram fundamentais para juntos mostrarmos ao mundo a força e a beleza da cultura popular maranhense. Espero ter plantado uma semente muito fértil, que renderá grandes frutos para todos os artistas dessa terra de cultura abençoada, que merece e deve ser cada vez mais conhecida e incentivada”, declarou Meireles Jr.

Em suma, o projeto “Devotos de São João” foi acima de tudo um evento de resgate do maranhensidade, de valorização de artistas populares e músicos maranhenses e divulgação sensacional do produto de exportação que temos de melhor: a cultura maranhense. Quem perdeu pode conferir a gravação do evento no Imirante.com no YouTube.

Postar um comentário

0 Comentários