SAIBA COMO SE PROTEGER E PREVINIR ACIDENTES DENTRO OU FORA DE CASA

(Foto: Reprodução)

O Nordeste é a região com maior incidência de raios do país. Raios ou descargas atmosféricas são descargas elétricas de grande intensidade que podem se dar entre nuvens ou entre uma nuvem e a terra, tocando o solo. E eles vem acompanhado de outros fenômenos como relâmpagos, trovões, ventanias e chuva. Com este tempo incerto, onde faz sol e depois cai uma grande chuva, é preciso estar atento aos riscos de acidentes elétricos tanto para ambientes internos quanto externos.

Dentro casa: Apesar de não estarmos diretamente expostos a queda de raios, é preciso tomar algumas precauções que devem nos proteger não somente de raios, mas também de danos nas instalações elétricas. Para começar certifique-se de que sua instalação elétrica esteja dentro dos padrões técnicos e que as revisões e manutenções sejam realizadas a cada 3 anos. Além disso, cultive hábitos de prevenção simples, mas que podem evitar acidentes, tais como:

-Deixe conectado a tomadas somente os equipamentos que estejam em uso, economizando energia;

-Evite manusear equipamentos elétricos que estejam conectados a tomada com o corpo molhado e pés descalços (os calçados de borracha podem funcionar como isolante);

-Em momentos de chuvas, ao desligar a TV da tomada, não esquecer de desconectar o cabo da antena;

-É preciso lembrar da importância de evitar o uso de remendos ou gambiarras na hora de fazer reparos. Solicite mão de obra profissional sempre que necessário;

Fora de casa: Grandes volumes de chuva costumam vir acompanhados de rajadas de vento que deslocam objetos, derrubam árvores ou mesmo a fiação elétrica. Diante dessas situações é preciso tomar cuidados, como:

-Buscar abrigo em local seguro, como o interior de residências e carros;

-Evitar locais abertos ou próximo de árvores e torres;

-Quando em lugares abertos, manter-se agachado com braços e pernas juntos e perto do corpo, mantendo-se próximo ao solo;

-Nunca se aproximar ou tocar em fiação elétrica caída no solo;

Em casos de acidentes, para socorrer uma vítima que recebeu uma descarga elétrica é preciso ter cuidado, para evitar que outro acidente ocorra. Primeiro, certifique-se de que a vítima não está mais em contato com a fonte de eletricidade, caso contrário, é necessário que a energização seja interrompida. Já em caso de equipamentos energizados, recomenda-se o desligamento imediato do disjuntor. Quando a fonte de alimentação do choque elétrico se tratar de fios da rede de distribuição de energia deve-se entrar em contato com a companhia, pela Central 116. É importante ressaltar que em casos de acidentes dessa natureza, basta ligar para emergência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário