EMPRESÁRIA MARIA FIQUENE REÚNE AMIGOS PARA COMEMORAR O SUCESSO DO BEIRUTH-LEBANESE FOOD

(Foto: Reprodução)





Em uma noite especial e recheada de emoções, a empresária Maria Fiquene foi surpreendida por amigos, clientes, empresários e jornalistas que num gesto de carinho comemoraram o sucesso que tem sido o seu restaurante localizado na Avenida dos Holandeses, um dos locais mais valorizados da capital maranhense, o Beiruth-– Lebanese Food. Primeiro restaurante a apresentar a culinária do Líbano, o Beiruth trouxe de volta a história já contada há mais de  3 décadas pelos patriarcas Ibrahim Fiquene e Sâmia Fiquene (in memoriam), mas que precisou ficar silenciada por um tempo.

Tradicional por receber clientes e amigos para aquele bate papo agradável, comemorar suas conquistas, brindar um novo emprego ou mesmo sair da rotina do trabalho, o lugar sempre contou com o chopp gelado, música de qualidade e o famoso amendoim torrado.

“Meus pais tinham um jeito único de atender e fazer amigos. Eram anfitriões por excelência e fizeram do Beiruth palco de muitas histórias que são guardadas na lembrança dos que por lá passaram. Um lugar que foi testemunha de encontros e desencontros, paqueras e namoros amizades e rivalidades, brigas e reconciliações.  E foi para trazer tudo isso de volta que em 2016 o Beirute reabriu as portas e continua recebendo seus antigos e novos clientes”, disse Maria Fiquene.

Feliz por poder gerir o lugar pensado com tanto carinho pelos pais, ela continua contando com o apoio dos 6 irmãos, imprimindo no Beiruth marcas de um novo tempo, preservando sempre a delicadeza e a originalidade da cultura libanesa, dedicando um atendimento rico em afeto e boas conversas, fazendo com que aqueles que procuram o lugar sintam-se acolhidos.

Mesmo diante do caos que a pandemia do Novo Corona Vírus, os clientes continuam prestigiando o restaurante com assiduidade. 

Além da preocupação em receber os clientes, outro diferencial deste estabelecimento é que a comida é feita com amor, o tempero é sempre o afeto e cada prato tem sua própria identidade. Um cardápio diverso que traz os cereais e legumes como principais ingredientes, além de kibe, e kafta, um gosto agradável capaz de conquistar até mesmo os paladares mais exigentes.


A ocasião dessa vez contou com participações especiais, tais como a do jornalista Gedeon Rocha e amigos do jornalista; Patrícia Franco, Pitágoras Reis, O advogado Marcone, a dançarina de dança do ventre Solange, que toda sexta feira faz uma participação especial no restaurante, encantando a todos com sua performance.

Destaque ainda para a decoração do ambiente, que apesar de pequeno é aconchegante, obra da arquiteta Jamylle Fiquene preservando características próprias da cozinha libanesa. Simples e organizado, o lugar é um convite para os olhos.

O atendimento é rápido, cordial e indicado para quem deseja viver a maravilhosa experiência dessa culinária única.

Para trazer ainda mais harmonia em tudo isso, o local traz a melodia encantadora do cantor Mikael com sua voz e violão, em um tom agradável e convidativo. 

Parabéns á proprietária Maria Fiquene e a toda a sua equipe de colaboradores que fazem com que a história do Beiruth-Lebanese Food se mantenha viva e bonita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário