RADIOLOGIA VETERINÁRIA: TECNOLOGIA ALIADA À SAÚDE DOS PETS

Exames de imagem auxiliam no diagnóstico precoce de doenças, se for avaliado no começo dos sinais clínicos

(Foto: Reprodução)

Ao contrário de nós, seres humanos, que podemos chegar a uma consulta e dizer ao médico exatamente o que estamos sentindo, os animais não conseguem se comunicar desta forma.

A radiologia veterinária é uma área muito importante da saúde animal. Inclusive, ela exerce o mesmo papel preventivo e de investigação de problemas, só que nos animais. Os exames de imagem mais comuns para os Pets são: raio x, ultrassom, ressonância magnética, e tomografia computadorizada.

Por isso, Melina Marcelino, tutora da Lobinha, se preocupou tanto e procurou um veterinário.  A husky, de 10 anos, apresentou um nódulo nas costas, o nódulo foi retirado, mas no resultado da biopsia deu neoplasia maligna, um câncer de pele.

“Fiquei muito nervosa com o resultado do exame, procurei uma veterinária oncologista, ela pediu exames de imagem, raio x e ultrassom. A Lobinha ficou bem tensa durante os procedimentos, mas eu sabia que eram necessários. E com eles vieram a boa notícia, ele não tem nenhuma metástase. A orientação da veterinária é repetir os exames a cada seis meses para monitorar”, conta a tutora.

A radiologia veterinária pode ser definida como uma facilitadora, que ajuda na prevenção, no diagnóstico e tratamento de doenças em animais de diferentes portes. Quando se realiza um diagnóstico por imagem, é possível ter a dimensão exata do problema. Caso seja necessária uma intervenção cirúrgica, a precisão dos exames será fundamental para o sucesso do procedimento

Segundo Shirley Fonseca, veterinária do Pet Mania, estes exames auxiliam no diagnóstico precoce, se for avaliado no começo dos sinais clínicos e os tutores precisam preparar o animal para que o exame seja realizado de forma mais correta e precisa.

“Trazemos o máximo de conforto ao animalzinho que vai passar pelo exame de imagem. Dependendo do processo, é necessário sedação para que a técnica correta seja empregada. Alguns exames de imagem, como a ultrassonografia abdominal,  são necessários preparo de jejum de 8 horas, uso de dimeticona/simeticona para minimizar os gases intestinais, e, se possível,  a retenção de urina” explica a veterinária.

Shirley Fonseca, veterinária do Pet Mania (Foto: Reprodução)

Cabe aos profissionais de Medicina Veterinária interpretar os sintomas e realizar exames para tentar descobrir o problema. Mas mesmo que o prognóstico não seja tão grave ou recomende-se uma atuação mais incisiva, a radiologia veterinária vai orientar qual é o tipo de tratamento mais adequado ao caso em questão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário