Ministério público propõe parceria à CDL São Luís para incentivar compliance e combater corrupção 

A Ass. Jurídica da CDL SLZ Anne Silva e o Presidente Fábio Ribeiro com o Promotor de Justiça Marco Aurélio Batista Barros e o Ger. Comercial da CDL Marinilson Cutrim. (Foto: Reprodução)

O presidente da CDL São Luís, Fábio Ribeiro, recebeu a visita do promotor de Justiça Marco Aurélio Batista Barros, que apresentou o projeto “Ética e Integridade Empresarial na Prevenção da Corrupção”, voltado para a valorização das condutas éticas nas relações com o com os clientes.

A proposta é criar um ambiente empresarial saudável, valorizando a livre concorrência, a competição corporativa mais justa e a minimização dos riscos das empresas sofrerem sanções por descumprimentos de leis e normas.

A estratégia é implementar ações de incentivo às empresas na implantação e desenvolvimento de programas de integridade (compliance), em prol da prevenção de condutas irregulares ou duvidosas nas relações comerciais.

“Viemos apresentar o projeto à CDL que, como entidade representativa do varejo, poderá nos ajudar a divulgar entre seus associados a importância de ações para impedir a ocorrência de irregularidades nas empresas lojistas”, afirmou o promotor.

O presidente Fábio Ribeiro avaliou como importante a iniciativa do Ministério Público do Maranhão:

“É muito saudável o esforço das instituições no sentido de qualificar as relações de consumo. A nossa entidade tem sempre uma agenda positiva no sentido de estimular o lojista a atender em conformidade com as normas e critérios éticos porque isso contribui para a cidadania do consumidor e torna a prática empresarial saudável”, explicou Ribeiro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário